Perdi meu carro na chuva. E agora?


Recentemente, o Rio de Janeiro sofreu com fortes chuvas que trouxeram perdas irreparáveis para a cidade.

Muitas vezes não temos tempo de nos precaver, pois nem sempre é possível prever o quão forte será uma tempestade.

Nestes casos, é muito comum que os automóveis sejam um dos primeiros na lista dos danos sofridos. Afinal, a grande maioria dos veículos em cidades grandes, como é o caso do Rio de Janeiro, ficam estacionados nas ruas.

E perder um carro é sempre um problema. Aqui na RM Honório, temos experiências em situações como essa. Com base nisso, elaboramos um passo a passo para você seguir caso seu carro sofra qualquer avaria em casos de acidentes naturais.

Confira:

1 - O primeiro passo é entrar em contato com a seguradora. Isso vale tanto para informar o prejuízo, quanto para solicitar o guincho para retirada do veículo, caso necessário.

2 - Não efetue nenhum reparo no veículo danificado. Pois a seguradora realizará uma vistoria para verificar se seu dano foi parcial ou total. E, também, se o motorista não contribuiu para aumentar os danos.

3 - No caso do dano parcial, você participará no prejuízo com o pagamento da franquia. Porém, se o dano for inferior à franquia cobrada, melhor você arcar sozinho com o prejuízo.

4 - Somente é caracterizado dano total se os prejuízos causados ao veículo atingirem ou ultrapassarem 75% do limite máximo de garantia. Nesses casos, a indenização será integral.

5 - Para obter a indenização, apresente a documentação solicitada pela seguradora e preencha o formulário de aviso de sinistro. Fique atento ao prazo, pois a seguradora não pode ultrapassar o limite de 30 dias se forem cumpridas todas as exigências contratuais.

#carro #automóveis #seguros #seguro #veículos #chuva #perdatotal #veículo